voltar fechar

Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo

28 de agosto de 2014 - Ano 06 - Nº 291

voltar home

Opinião


Normas Brasileiras de Auditoria

Após três anos de introdução das normas, quais são os maiores desafios para o Auditor?

As Normas Brasileiras de Auditoria, Revisão e Asseguração de Demonstrações Financeiras e Serviços Correlatos adotadas no País há três anos são aprimoradas periodicamente em função do surgimento de novas técnicas de transações comerciais, de novos instrumentos financeiros, da evolução tecnológica da informação e de controles.

Como se deu a adoção das normas de Auditoria no Brasil é o assunto desta entrevista  com o Auditor no Brasil e nos EUA, Roberto Vilela Resende.    

Após três anos de vigência das Normas Brasileiras de Auditoria, ainda existem desafios para os Auditores no Brasil?  
O grande desafio continua sendo a aplicação dessas normas por parte dos Auditores Independentes e das pequenas e médias firmas de Auditoria. Algumas pequenas empresas são formadas por dois ou três sócios com número reduzido de profissionais para a execução dos trabalhos. Considerando o volume significativo de normas a serem seguidas e a documentação requerida para cumprir todo processo, a Auditoria torna-se um processo trabalhoso, custoso e que coloca o Auditor Independente de pequeno e médio porte numa situação bem desafiadora.  

Houve uma mudança no perfil dos profissionais de Auditoria antes e depois da introdução das normas?  
Quando iniciei na profissão há mais de 30 anos já existiam os manuais de Auditoria, elaborados com base em Normas Internacionais da época. Existiam também os treinamentos em sala de aula como existem hoje. Entretanto, com a globalização, a internet, a sofisticação das operações, o aumento dos riscos das transações, o Auditor hoje está muito mais exposto a eventuais contingências. No passado, a ênfase do treinamento desse profissional era voltada para o trabalho de campo. Os Auditores aprendiam o processo de Auditoria no dia a dia com menor ênfase nas normas e nos manuais. Atualmente, o Auditor precisa dedicar um tempo considerável para a leitura e familiarização das Normas de Auditoria, as Normas Internacionais de Contabilidade, a legislação fiscal e a evolução tecnológica.  

Quais são os maiores ganhos com a adoção das normas?  
Os maiores ganhos estão relacionados à melhoria da imagem do Auditor, o reconhecimento da importância do seu papel no controle e aumento da transparência das contas públicas e privadas por parte da sociedade, além da redução do seu risco profissional a um nível aceitável.  

Quais as consequências do não cumprimento das normas? 
A maior consequência pode ser a responsabilização do Auditor na emissão de relatórios de Auditoria sobre demonstrações contábeis que apresentam distorções relevantes. O profissional pode ter a sua imagem comprometida no mercado, ser penalizado financeiramente e ficar exposto às penalizações regulamentares da profissão.

Este ainda é um processo de adaptação?
É um processo transitório. Com o passar do tempo, as normas vão sendo inseridas na cultura do Auditor e esta demanda atual de dedicação ao entendimento das normas diminuirá. Até lá, novos desafios surgirão. 

Como os órgãos reguladores estão vendo este período transitório?
Entendo que o papel importante do órgão regulador da profissão neste momento é o de acompanhar e orientar esses profissionais e firmas de Auditoria para assegurar que a adoção plena dessas normas de fato está ocorrendo.  

A Auditoria é reconhecida pela sociedade?  
Ainda é necessária a evangelização das pessoas quanto à importância das Auditorias espontâneas nos vários segmentos da sociedade. Ainda é necessário desenvolver no cidadão brasileiro o espírito de controle e questionamento de gastos para verificar se eles são compatíveis com os benefícios esperados.

Quais são as Normas Brasileiras de Auditoria?
NBC TAs - Auditoria Independente
NBC TRs - Revisão Contábil 
NBC TOs - Asseguração Contábil
NBC TSC - Serviços Contábeis Correlatos

É importante ressaltar que o CFC emitiu recentemente normas importantes para a nossa profissão - a NBC TSC 4410 (Trabalho de Compilação de Informações  Contábeis) e a Norma Brasileira de Contabilidade CTG 1000, que trata da adoção plena da NBC TG 1000 para pequenas e médias empresas.


Compartilhe esta Notícia: